segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

Sozinha



Sozinha


Na madrugada quente

Sozinha estou

Olho para a cama que arde, queima.

Lençóis flamejantes

À espera...

O sono não chega, sinto-me perdida

Tal como no mar à deriva

Fecho o meus olhos,

Deito-me e sonho... ainda acordada

Perco-me nessa ânsia louca pelos seus beijos

Busco em meus delírios saciar meus desejos.

Me reviro do avesso, tentando não pensar.

Te procuro na penumbra do quarto,

Sem te encontrar.

Já amanhecendo, a noite se fez dia

Avisto entreaberta a janela,

Os primeiros raios de sol querendo adentrar

Nada vejo,

Nada conforta,

Nada consola.

Essa falta que você me faz.


Lis Fernandes

( Nota: Apenas uma inspiração, baseada na imagem retirada do google ).

20 comentários:

isa disse...

Um lindo poema,para começar a semana.
Beijo.
isa.

Ives disse...

Poesia linda Srta, a noite revela os sentimentos escondidos! abração

Vivian Fernandes de Goes disse...

Bom dia,mana!!

Uau...
E uma inspiração BEM intensa,né?!rs
Um belo despertar desta sua alma poética! Te amo!
Beijos!

Rô... disse...

oi minha querida,

a noite é geralmente a fonte de inspiração dos poetas,
e a sua noite nos presenteou com esse lindo poema...

beijinhos

Mateus Medina disse...

A noite nos brinda sempre com mais intensidade. Do melhor e do pior.

Belo poema

bjos

PS: Não "entrega" a tua inspiração, deixa o leitor formar o "quadro" que quiser =)

Mateus Medina disse...

Vou dizer aqui, para ficar no mesmo "espaço".

É verdade, as pessoas costumam invariavelmente ligar o poema ao poeta. Mas isso numa leitura "rápida", superficial.

Acho que 90% daquilo que escrevo é em primeira pessoa. Gosto de escrever assim. Preciso SENTIR o que sente a personagem (seja um conto, poema, o que for), para traduzir isso com fidelidade =).

Entendo o "risco" que se corre das pessoas acharem que falo sempre de mim, o que não é verdade. Passa bem longe até... rsrsrs mas... e se pensarem, o que importa?

O que disse é só uma opinião muito pessoal. Nenhum poeta deve/precisa "justificar" a sua inspiração. Um leitor de "qualidade" deve saber beber a arte, que é o que importa, sem se preocupar com o artista, que é só sombra, ferramenta...

bjos

Mari Rehermann disse...

Quanta intensidade nestas palavras...adorei a tua inspiração, amiga!!

Que sua semana seja iluminada!!
Beijos!!♥

MARILENE disse...

Versou lindamente sobre o sentimento que assola quem, só, anseia, noite a dentro, pela presença de quem ama. Bjs.

Braulio Pereira disse...

oi Lis

Amo te ler.

beijo.

Roberta Maia disse...

Amar é assim, nê!? Essa doce loucura ansiosa...

Parabéns pelo lindo poema!!!
Beijinhos!!!

Roberta Maia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Vera Lúcia disse...


Olá querida,

Bela e calorosa inspiração.
O lado poetisa está aflorando lindamente.

Beijo.

✿ chica disse...

Linda e muito bem expressa saudade, falta do amor! Lindo! Acabei de voltar de um dia de "farofa" na praia. Fui pertinho de ti acho, Rainha do Mar! Estava tridi bom,água morninha e à tarde bem limpa.Adoramos! beijos,chica

Lourdinha Vilela disse...

Belíssima a poesia desta saudade, madrugada afora.

Élys disse...

Belíssima inspiração. Gostei muito.
Beijos.

Luciana Souza disse...

Oi Lis
Muito profundo o poema, eu nem pensei que vc estava falando de si mesma, pq gosto de escrever ficção. A solidão é um sentimento terrível que ninguém merece experimentá-la.
Obrigada pelo carinho da visita.
Bjos. Fique com Deus!
http://ashistoriasdeumabipolar.blogspot.com.br

Anne Lieri disse...

Lis, a solidão muitas vezes é insuportavel!Poesia cheia de amor!bjs,

Braulio Pereira disse...

olá Lis

amiga obrigado pela ternura eu aqui tenho PAZ gosto muito.

fui colher uma rosa para ti.
vejo o teu sorriso.

feliz semana

beijos

Toninho disse...

Quem ja viveu e sabe da dor, entende toda força desta inspiração.
Sensacional Lis.
Abraços com carinho.
Aplausos de pé.
Bjo.

Nádia Santos disse...

É querida, quantas não passam por noites assim... eu mesma já passei vária noites numa cama vazia e fria, só eu e meus desejos. Tenho algumas poesias no meu blog. Adorei. Bjusssss
http://poesiasesonetos.blogspot.com.br