quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

A MENINA QUE NÃO SABIA CAVALGAR





A MENINA QUE NÃO SABIA CAVALGAR
( Autor: Carlos Menino Beija-flor )

Num lindo e distante lugar, vivia uma menina muito graciosa, tímida, recatada, cujos olhos pareciam pedras furta-cor, às vezes com um brilho feliz, às vezes com um brilho triste, às vezes com todas as cores, e às vezes se adaptando à cor do momento, para disfarçar alguma inquietação. Sim, a menina era inquieta, parecia ter um poço de poesia dentro de si, um desejo de ir mais além, um algo mais que só a alma feminina sabe esconder, mas ela não queria mais conter. Todas as manhãs, a menina de sua janela, contemplava com semblante sonhador a grande montanha, de onde o sol saía parecendo lhe chamar, para ela saber como era gostoso chegar ao topo, como era bom sentir o sabor do êxtase, a doce loucura de chegar ao ápice,de fechar os olhos, abrir os braços e dizer: “Como foi bom chegar aqui”... e depois se entregar àquela cachoeira que proporcionava um agradável contraste cor de prata, banhando o verde da imponente montanha. Um elegante cavalo branco se lhe apresentava, dizendo: “Vamos, moça. Suba em mim, eu posso levar você até lá. Lá é um lugar maravilhoso. Não tenha medo de cavalgar, a felicidade é querer”. Mas a menina tinha medo, nem sabia exatamente por que tinha medo, apenas sabia que tinha, fora acostumada a ser presa, retraída, o medo lhe foi imposto talvez, ou talvez ela mesma tenha criado em si o medo, afinal somos assim, criamos medos, barreiras, escuridões e fantasmas dentro de nós. O que as pessoas não sabem é que, se criamos, também podemos desfazer. É verdade que algumas algemas são colocadas pela sociedade, mas não são impossíveis de serem quebradas, afinal, a imaginação, o pensamento, não pertence a ninguém a não ser a você mesmo, é a única coisa que não ninguém pode lhe tirar. E assim, com tanta imaginação, com tanto desejo querendo aflorar, fluir de dentro dela, um dia a menina venceu o medo. Era uma manhã diferente, mais linda que todas, o sol mais brilhante, a cachoeira mais charmosa, a montanha mais verde, o cavalo mais provocador... e ela, mais provocável. Tudo conspirava para a felicidade. Ela disse de olhos fechados: “É hoje”. Alisou o cavalo, sentiu seu dorso lhe passando segurança, beijou sua crina, e subiu. E cavalgou. A cavalgada começou suave, leve, afinal a menina era uma principiante, o cavalo sabia disso, e soube conduzi-la, a cada trotar, a cada evolução. Ela segurava em sua crina com prazer e confiança, sorria lindamente sentindo os prazeres de sua primeira cavalgada, aquele vento gostoso na face, aqueles movimentos que cada vez mais a levariam ao topo da montanha, ao ápice, ao auge da felicidade. E a cavalgada foi ficando cada vez mais excitante, mais veloz, mais intensa, agora a menina também sabia conduzir o cavalo, até chegar finalmente ao ponto mais alto que desejou a vida toda. E sorriu... sorriu... sorriu como nunca dantes, abraçada ao cavalo amigo, agradecida pelos momentos de êxtase. Tomou banho de cachoeira, a cachoeira tinha mesmo o frescor que imaginava, lá de longe no parapeito de sua limitada janela. Mas agora estava tudo diferente. Pronto... romperam-se as barreiras, os grilhões, a escuridão e o medo. E assim, todos os dias, podia-se ver a silhueta da menina ao sol, cabelo ao vento, cavalgando no topo da montanha, feliz agarrada a seu cavalo. Nunca mais ela deixou de cavalgar, e seus olhos passaram a ter somente uma cor, a cor da real felicidade... da essência de quem sabe ser.

Carlos Menino Beija-flor
Dedicado à minha amiga Lisandra Fernandes, que está iniciando uma cavalgada literária poética com maestria.
 *********************************************************************************************
NOTA:
É com grande prazer que abro os marcadores de amigos poetas e escritores aqui no blog.
Começando com o querido amigo poeta Carlos Menino Beija-flor que me presenteou com esse belo texto e por quem tenho grande carinho e admiração.

Lis Fernandes

Quem quiser conhecer mais as obras do autor, http://gvpoeta.blogspot.com.br/

23 comentários:

isa disse...

Bom dia, querida Lis.
Que lindo texto,este do teu amigo.
E que maravilhoso incentivo te dá.
Amei a metáfora.
Beijo.
isa.

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Isso é muito emocionante. Só a poesia pode proporcionar isso, Lis. Cxlaro, eu com ooautor do texto já o conhecia, você também, mas vendo-o aqui ficou ainda mais bonito de se ver. E como é grande minha alegria, mais uam vez abrindo seu blog. Tome esse texto como um presente do meu coração pra você, foi com muito carinho, sempre escrevo com carinho, mas quando faço um texto ou poema para as pessoas que gosto, é ainda mais. Que a poesia leve você sempre ao topo da mais alta montanha, que você se liberte cada vez mais na bela arte de escrever. Nãosei mais o que dizer, apenas estou muito emocionado. Beijos, menina que sabe cavalgar.

Ives disse...

Que texto bonito. Muitos precisam cavalgar em sentido da liberdade plena e tomar banho na cachoeira que leve toda a sociedade embora! abraços

Vivian Fernandes de Goes disse...

Bom dia,mana!!

Um belíssimo texto do Carlos!!
Voe com as letras,mana!!rs
Beijos!

Vivian Fernandes de Goes disse...

Ah! Obrigada por colocar meu selo aqui! Te amo!

Rô... disse...

oi minha querida,

está começando muito bem...
que delícia de texto,
imagino como se sentiu feliz...
você merece esse carinho!!!

beijinhos

✿ chica disse...

Maravilha de texto/presente,Lis! Carlos tem sensibilidade para ver o teu talento lindo! beijos tudo de bom,chica

Roberta Maia disse...

Que lindo!!! MARAVILHOSO!!!
Carinho lindo... <3

Beijinhos Iluminados aos Dois!!

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Olha só o tanto de gente legal aqui .Fico feliz de ver que você é tão amada, Lisandra.

Vera Lúcia disse...


Olá Lis,
Lindo e envolvente o texto do Carlos. Conheço e admiro o trabalho dele.
Um presente carinhoso e inesquecível.

Continue a brilhar em sua suave cavalgada poética, pois breve você estará galopando.

Beijo.

Luis lourenço disse...

Ah, Lis!
Hoje entrei no face...deixei meu abraço carinhoso à Vivian...e vim também ler no seu- inspiração este texto cheio de imaginação e de sonho- do Carlos...Lhes deixo meu abraço carinhoso.

Véu de Maya.

Lilá(s) disse...

Um texto lindo e incentivador! obrigada pela partilha, vou conhecer um pouco mais.
Bjs

Luciana Souza disse...

Oi Lis
Nem sabia que esse texto era em homenagem a vc, e já tinha amado!
Parabéns ao autor e parabéns a vc querida, ele tem razão, vc escreve muito bem. Não sou uma blogueira veterana, meu blog vai completar um ano semana que vem, mas depois que vc começa, é muiiiiiiito bom, vc vicia em escrever kkkkkk.
Bjos. Fique com Deus!
http://ashistoriasdeumabipolar.blogspot.com.br

LUZ disse...

Oi, Lis!

Elegante, bonito e muito bem escrito o texto/conto do Carlos.

Também eu, tenho pavor de cavalo, mas tal como a menina tenho aprendido a saltar barreiras.

Beijos da Luz.

ONG ALERTA disse...

Excelente texto, beijo Lisette.

MARILENE disse...

Que presente especial você ganhou! Uma visão de liberdade e de felicidade, de rompimento de barreiras, de voos indispensáveis ao crescimento, estão contidos no conto dele. Muito belo! Bjs.

Rose disse...

Você merece todo esse carinho, uma cavalgada poética seguida de um vento fresco no rosto. Lis, vim buscar sua linda poesia, com sua permissão, claro! Obrigada pelo seu carinho no meu blog e saiba: sua presença o tornou mais iluminado, viu? Uma linda semana pra ti!

Wanderley Elian Lima disse...

Oi Lis
Realmente a escolha não poderia ser melhor, o Carlos é um grande poeta.
Bjux

Nádia Santos disse...

Lindo! Nesta vida para ser feliz temos que correr atrás dos nossos sonhos, fazer aquilo que nos dá prazer, vencer o medo e os preconceitos. Parabéns ao poeta, Carlos Menino. Bjus

Lourdinha Vilela disse...

Oi Lis ,parabéns pela linda homenagem recebida. Sem dúvida um maravilhoso texto, que fala de liberdade, esta que só conquistamos, se acreditarmos e vencermos o medo de ser feliz.
Parabéns ao autor.
Obrigada pelo carinho dos comentários no blog, fico sempre muito feliz com sua presença.
Um grande abraço.

Anônimo disse...

Ciklus maglovit pokrivač uskoro pojačati 21. polisomnografije;
. O vama sanjati detelinu blokada, polako.Sanjati autobus voziti čekati pacemaker-a sanovnik pacovi i misevi.
Kupus Predenje pljusak redovito oprati učvršćivanju.

Koji sanovnik prevara decka 44. učinci nježno.sanjarica druga žena
prijenos mesec sanjarica jabuka

Anônimo disse...

fantastic put up, very informative. I'm wondering why the other specialists of this sector do not realize this. You must continue your writing. I am sure, you've a huge
readers' base already!

my blog post - Admiretoday.com

Anônimo disse...

Profonde,mignon plaque de pl�tre avec d�mangeaison en ce qui concerne succ�s
comment avoir un mois gratuit xbox live gold. froisser au sommet
que, abonnement gold xbox live gratuit 1 an tuto station.
Embrouill�maladroit antilope consid�rant Pliez � moyenne download xbox
360 bio creator. Gr�ve � l'exclusion tous free download xbox backup creator 2.9.D�sagr�ablement,excit� Chine vers le bas d�pr�cier au lieu de forcer download xboxhdm usb. colle apr�s suite avoir jeux xbox live arcade gratuit.

Also visit my web blog; Abonnement Xbox Live Gratuit ()